Não trabalhe de graça: protesto de alunos e docentes de design em Portugal

Com os diversos cursos de design espalhados por Portugal, associado a crise econômica atual e poucas vagas para acesso ao mercado de trabalho, é comum agencias ofertarem aos jovens alunos e recém formados, trabalhos sem alguma remuneração em troca de promoção de seu nome, ou algum espaço inicial na agencia, ou mesmo um estágio.

Como forma de protestos a essa situação, duas dezenas de docentes e mais de 300 alunos de design de 18 faculdades portuguesas se uniram na ultima sexta-feira, 01 de maio de 2015 (feriado que celebra o dia do trabalhador) para protestar contra a multiplicação das propostas de trabalho sem remuneração, como única forma de os jovens entrarem no mercado.

Criaram-se então a frase “Sempre que trabalhares de graça, estás a prejudicar os outros”, em que todos os alunos espalharam cartazes com essa frase, por diversas cidades de Portugal, fotografaram e reuniram na página do facebook.

O objetivo do protesto em nível nacional é conscientizar o jovem a não fazer esse tipo de trabalho, para não desestabilizar o teto profissional do designer e informar aos que estão de fora, o que ocorre na maioria das vezes dentro do mercado para o estudante.

Confira alguns trabalhos:

Cartaz_protesto18 Cartaz_protesto17 Cartaz_protesto16 Cartaz_protesto15 Cartaz_protesto14 Cartaz_protesto13 Cartaz_protesto12 Cartaz_protesto11 Cartaz_protesto10Cartaz_protesto3Cartaz_protesto4Cartaz_protesto5

Cartaz_protesto1

Cartaz_protesto6  Cartaz_protesto8 Cartaz_protesto9