WebSummit – A incrível edição 2019

Durante os dias 5, 6 e 7 de novembro de 2019, ocorreu mais uma edição do maior evento de tecnologia do planeta, o WebSummit. Estivemos lá, pelo segundo ano consecutivo para mostrar pra vocês, um pouco do que aconteceu no evento. Antes de mais nada,  ara saber nossas impressões sobre o evento do ano de 2018, clique aqui, e ainda fizemos uma introdução pré evento que pode ser lido aqui!

Com a mesma estrutura da edição do ano passado, mesma localização no grandioso Altice Arena, localizado no bairro Parque das Nações na cidade de Lisboa, Portugal, o WebSummit contou com mais de 70.000 participantes circulando por todo o evento. As atividades do evento, são compostas com as principais palestras, debates e mesas redondas no grandioso center stage. A poucos metros, localiza-se a feira internacional de Lisboa, um local com 7 pavilhões  com os stands, cada um com seu objetivo especifico representando uma companhia, seja de tecnologia, turismo, finanças entre outros.

Cada stand ficam os representantes prontos para atender os transeuntes do evento, seja para apresentar alguma ferramenta ou melhoria tecnologia ou outras atividades de brainstorm, ou pitch’s, consultorias, ou mesmo trocar contactos, cartões pessoais e adicionar no Linkedin. Uma das palavras chave que destaco para a atividade é network. Eu particularmente, troquei cartões do Sala7Design com diversas empresas. Algumas para fazer contato posterior e virar conteúdo para o blog, outros para fazer algum tipo de parceria, ou mesmo recrutadores. Destaco isso também, recrutadores.

Uma dica de ouro para os futuros visitantes do evento, converse com todas as empresas. Não tenha medo de visitar e conversar com as pessoas dos stands, seja empresa pequena, média ou grande. Converse, faça contacto, troque cartões, email, linkedin, o que for, mas converse. Apareça para o mundo e oportunidades irão surgir em algum momento. Mesmo que, o WebSummit tenha como principal target tecnologia e negócios, vi muitos algumas vagas para a area de psicologia, recursos humanos, finanças, educação e entre outros. Particularmente eu olhei design e suas vertentes e achei muita coisa! Inclusive, nas empresas gigantes. Algumas aparecem em alguns folhetos, ou posters que precisam de colaboradores e estão recrutando, outras empresas, é necessário o contato com as pessoas do stand.

Seguindo nossa tour, chegamos a uma das seções mais interessantes do WebSummit. É ótimo ver palestrantes no palco principal, mostrando inovações da robótica, diversos CEO’s falando sobre as empresas, mas gosto muito da area de Startups. Em um espaço limitado, as startups se dividem por setores de atuação e tempo no mercado. Lá, duas ou três pessoas responsáveis pelos projetos, apresentam suas ideias com o intuito principal de atrair investidores. Conversei com uma funcionaria de uma startup portuguesa de tradução, a Unbabel,  e  conseguiram um bom investimento da Microsoft, possibilitando assim, expandir os negócios e aumentar os clientes.

E como de costume, o mercado girando, e após expansão dos negócios e  clientes, mão de obra é algo fundamental. Então, mais uma vez, não deixem de conversar com as pessoas das startups. Oportunidade interessante de crescer junto com essas empresas que possuem ideias inovadoras e estão fresquinhas no mercado! Não só para os visitantes, mas quem tem startup pode concorrer a um espaço no evento, e ter uma oportunidade de apresentar sua ideia para o mundo. O conteúdo completo das regras da startups podem ser lidas aqui!

Mais uma dica para quem é visitante, tenha em mãos o aplicativo do WebSummit. Cada participante possui um crachá com seu nome e um QR Code para usufruir do aplicativo. Nele é possível configurar seu perfil e areas de interesse. Com isso, é possível consultar a agenda completa do evento, desde as atividades no palco principal, mas também as outras paralelas dos outros pavilhões. Favoritar empresas, areas de interesse e criar sua própria agenda do WebSummit, com notificações minutos antes da atividade acontecer. O QR Code serve também para adicionar usuários no perfil para posteriores conversas dentro do aplicativo.

No evento anterior que também cobrimos pelo Sala7Design em 2018, eu fui com o intuito de ver o máximo de coisas e tentar absorver um pouquinho de cada atividade. Em 2019, fui um pouco mais segmentado, nas areas de Design, Inovação e Negócios. Assim, consegui participar de diversos conteúdos nessas areas em inúmeras situações. Conversei com startups nesse foco, visitei stands e participei de consultorias e conversas sobre design,  participei da roda de conversa exclusiva com a Collins Design, entrevistei o CEO da Resolution Games, e os Designers da MetaDesign.

A minha conclusão é: as duas experiências são validas. É possível se organizar e dividir a agenda de acordo com os assuntos de seu interesse e os dias do evento. Em 2018, eu separei um dia inteiro para fazer um tour e visitar cada stand e cada startup, um dia para o palco principal e um dia para conversar com as startups. Em 2019, eu segmentei para questões mais relevantes a minha area de atuação, e ao conteúdo do blog, então consegui participar de forma mais diversa, e detalhada. Não tem regra, só recomendo se organizar, sincronizar sua agenda com o aplicativo para não ficar perdido em meio a tantas atividades, pois o evento é gigantesco!

Esperamos que esse ano, 2020, o Sala7Design tenha outra oportunidade de cobrir o WebSummit, que não é só o maior evento de tecnologia do planeta, mas também, uma escola de oportunidades.

Nota do autor: Quero agradecer de coração a vocês, leitores e leitoras do blog, pois sem vocês, isso jamais seria possível! Agradeço a todos os Staffs do evento WebSummit, pela dedicação, organização, profissionalismo. Agradecimento especial ao Tommy Palm da Resolution Games, Bryan Collins da Collins Design, Daniel Leyser da Metadesign. Também aos colegas do Sala7Design, sem eles jamais conseguiria fazer uma cobertura tão interessante! Até a próxima ;)   – Gabriel Patrocinio