“Please Don’t Touch”, exposição fotográfica da cultura Lowrider ocupa a Matilha Cultural

A cultura Lowrider chega à Matilha Cultural com a exposição do fotógrafo e videomaker paulistano Rafael Ambrosio. A ocupação “Please Don’t Touch”, que abre no dia 18 de maio, apresenta 11 anos de registros do movimento Lowrider no Brasil, países europeus e EUA através das lentes de Rafael. Com objetivo de mostrar como a cena é conduzida nesses locais, traz a verdadeira ideologia e o que o faz crescer cada vez mais desde o seu início, ainda na década de 50, quando os Mexicanos passaram a personalizar seus carros com pinturas e rebaixamentos. O Lowrider vai além da estética, questionando desde o seu princípio o capitalismo ao reutilizar e dar novas funções e caras para automóveis usados e antigos, geralmente descartados pelo sistema que insiste no status do veículo novo.

Geralmente, o termo “Don’t Touch” (Não Toque) é utilizado em adesivo de para-brisa de carro, indicando para as pessoas não tocarem. Para o fotógrafo, a expressão vai além do impacto materialista de danificar o veículo: “É para deixar claro que não toquem na minha cultura, não mexam, não sujem, não amassem e não apaguem a minha história”, confirma. No evento de abertura, que acontece dia 18 de maio, a partir das 16h, teremos participações de renomados nomes da cultura Lowrider no Brasil e da street music, como Blenzer Low Rider, Funk Buia, DJ Novset, Mr. GrandeE e DJ Julia Weck.

Aos 29 anos, Rafael é considerado fotógrafo precursor do movimento no Brasil. Seu primeiro contato foi aos dez anos com os vizinhos do Capão Redondo, São Paulo – SP, que já estavam inseridos na cena. Aos 15 começou a registrar as atividades ainda de maneira amadora, mas ao chamar atenção com seu talento, foi indicado para uma oficina de audiovisual em uma ONG na Zona Sul da capital paulistana. Desde então, usa essas ferramentas de trabalho para também registrar e documentar sua vivência dentro desse universo paralelo que é a cultura Lowrider.

A exposição “Please Don’t Touch” ocupa a galera da Matilha Cultural até o dia 8 de junho.

Endereço: Rua Rego Freitas, 542 – República, São Paulo, SP

Abertura: 18 de maio, entre 16h e 21h

Datas de visitação: Entre 19/05 e 08/06

Horários de visitação: ter. a sab. das 12h às 22h; dom. das 10h às 20h

Entrada Colaborativa