Uma opção eficiente e econômica no processo de design de embalagem

O design de embalagens agrega valor, funcionalidade e melhor forma de uso para os produtos. Porém, muitas vezes é necessário que não gere altos custos, concorda?

Nem todas os projetos possuem verba de alto valor, especialmente quando se trata de um pequeno negócio. Nesta situação é necessário ao máximo consolidar economia e eficiência em um processo de planejamento e criação de embalagem.

E é justamente por isso que o tipo de embalagem Stand Up Pouch ganha representatividade e preferência dos donos de empresas, que necessitam oferecer seus produtos sem perder a qualidade.

Nesse contexto, o design de rótulos / embalagens é imprescindível e tem como objetivo:

● Facilitar a vida do consumidor (que deseja uma embalagem apropriada);
● Identificar e projetar a marca;
● Influenciar no processo de compra;
● Trazer viabilidade para quem oferta o produto.

As embalagens tipo Stand Up Pouche atendem as necessidades de vários segmentos de produtos em razão do formato, pois estão disponíveis em muitos tipos de volumes/tamanhos.

Além disso, esse tipo de embalagem tem custo inferior à muitas outras, principalmente porque toda a impressão que contém imagens e informações pode ser feita em etiquetas (rótulos) em escala menor, o que exclui a necessidade de imprimir direto na peça.

Outro ponto positivo é versatilidade de poder acondicionar os vários tipos de produtos, como por exemplo:

● Alimentos;
● Cosméticos;
● Químicos;
● Higiene;
● Suplementos;
● Uso veterinário.

embalagens-stand-up

Personalização e identificação da marca.

A possibilidade de confecção em menor quantidade permite a segmentação da embalagem de acordo com cada derivado do produto original. Por exemplo: uma empresa de sabonetes líquidos poderá utilizar para cada tipo de sabonete uma imagem diferente, sem que isso eleve os custos de produção.

O design de rótulos considera o conforto visual evidentemente, mas é fortalecido e sustentado nos princípios da anatomia para armazenar os produtos, valorizando-os ainda mais.

Juliana Kappel – redação
Agência Finalité