Um pouco sobre o que vi no Pixel Show 2016

Um evento de arte, design e criatividade, esse é o Pixel Show, realizado em São Paulo. Ilustradores, gamers, designers, publicitários, fotógrafos, empreendedores e toda aura criativa do mundo estão presentes em um só evento. Uma energia criativa se forma em volta do Clube Hebráica, movendo as pessoas por um só propósito. São dois dias para captar o máximo de referências possíveis e assim evoluir nosso poder de criação.

Marcas, pessoas, experiências estão concentradas nos mesmos metros quadrados, ao mesmo tempo. É uma oportunidade única vivenciar e ainda ampliar seu network, afinal a vida é feita de network. Falar do Pixel Show é complicado e confuso, me sinto mergulhando em uma piscina de conteúdo, onde no lugar d’água tenho conhecimento ao meu redor. O máximo que você pode fazer é colocar seu barco a navegar nessa água, fazer um furo nele e deixar entrar o máximo de água. É preciso viver, olhar, escutar, conversar, ler, observar e por fim absorver, o Pixel Show é sinônimo de tudo isso.

Além de toda essa carga de referências e conhecimento, há uma feira com muitas marcas de peso, do mercado nacional e internacional. A feira é um dos espaços mais bem explorados dessa imersão, pois o contato com produtos de ponta é estabelecido.

Pixel Show para mim é isso, oportunidade de agregar conhecimento e vivências intangíveis. Até ano que vem, foi um prazer.

 

pixel-show-2016-01 pixel-show-2016-02 pixel-show-2016-03 pixel-show-2016-04 pixel-show-2016-06 pixel-show-2016-07 pixel-show-2016-08 pixel-show-2016-09 pixel-show-2016-10 pixel-show-2016-11 pixel-show-2016-12 pixel-show-2016-13 pixel-show-2016-14 pixel-show-2016-15 pixel-show-2016-16 pixel-show-2016-17