Stop motion – A arte de Kubo e as Cordas Mágicas

“Se for piscar, pisque agora!”

Kubo e as Cordas Mágicas (Kubo and The Two Strings) começa o filme com essa mensagem, e sim, o espectador vai segui-la como conselho. O filme todo em animação stop motion,  mistura essa técnica de animação com elementos de pós produção como explosões, iluminação, efeitos incríveis que me deixou fissurado no cinema. Pra mim, foi o melhor filme de 2016 até o momento! (sem exagero)

O filme é ambientado no Japão feudal com samurais e um mundo fantasioso, no qual o protagonista Kubo precisa cuidar da saúde da mãe e sonha em resolver o mistério sobre a morte do pai. O garoto, além de aventureiro é um excelente contador de histórias e um mestre do origami, que com a ajuda do seu instrumento musical e mágico, o shamisen, dá vida as suas dobraduras e encanta os moradores do vilarejo.

Não darei spoilers do filme, apenas trouxe algumas imagens sobre a produção e making of dessa obra de arte. É incrível ver o processo de fabricação dos personagens, animação, cenário, e ver que essa técnica mesmo com as animações em CGI não foram abandonadas, estão ai, firme e forte com o estúdio Laika que  anteriormente nos apresentou Coraline, Paranorman e Boxtrolls, e agora com Kubo!

Vocês gostaram do filme? Estou ansioso pelo blu-ray e os extras!

1 2 3 4 5 6 7 8 travis_knight Director and animator Travis Knight working with Kubo on the Kubo's Village set for animation studio LAIKA’s epic action-adventure KUBO AND THE TWO STRINGS, a Focus Features release. Credit: Steve Wong Jr | Laika Studios / Universal Pictures International 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 23 24 25