Projeto Taxi Fabric transforma táxis na Índia em verdadeiras obras de arte

Com toda essa confusão rolando no Brasil entre taxistas e motoristas da empresa Uber, ninguém se propõe a usar a criatividade em uma solução para o “problema”. Já na Índia, designers estão pensando em uma maneira muito criativa para tornar os Táxis de Mumbai mais atrativos, com o projeto Taxi Fabric, projeto este que transforma os táxis em verdadeiras obras de artes.

Cada parte interna do veiculo é completada com desenhos vibrantes, do teto aos assentos você se depara com artes impressionantes feitas por designers e artistas locais.

Esse novo estilo tem dado muito certo, não só para os taxista, mas também para os designers locais, que ganham a chance de ter seu trabalho divulgado para os turistas que passam pela cidade, já que na índia a profissão de designer não é muito valorizada.

“Os motoristas têm comentado que eles acreditam que seus clientes estão se envolvendo cada vez mais com eles. A maioria também pergunta sobre outros projetos e os clientes aumentaram. Cinco meses atrás nós imprimimos nosso primeiro tecido. À medida que os interiores dos carros tomavam forma, nós olhávamos um para o outro e sabíamos que estávamos no caminho certo. Isso não vai ficar assim. Queremos que a ideia seja grande!”. Disse um dos designers envolvidos no projeto.

 

_DSC7332 _DSC7344 _DSC7359 DSC_0694 DSC_0705 DCIM100GOPROGOPR0867. DCIM100GOPROGOPR0868. IMG_0320 IMG_0331 IMG_0342 IMG_0343 IMG_1128 IMG_1420 IMG_1463 IMG_1471 IMG_1568

Tecido7

Tecido _DSC0059 _JIM1739 _JIM1758 _JIM1813 _MG_2165 _MG_2208 14 15 Tecido07 Tecido5 Tecido6 Tecido01

 

Não paramos por aqui …

Esse trabalho incrível não poderia se limitar apenas aos taxis da região, o projeto também inclui os famosos Rickshaws, um dos meios de transporte mais utilizados na Índia. Estas belezas de três rodas podem ser encontradas na maioria das cidades da Índia, em todas as formas e tamanhos.

“Taxi Frabric é uma plataforma incrível para jovens designers como eu. Este foi um projeto onde eu não estava trabalhando para um cliente ou um diretor criativo. Eu tinha que fazer algo em que eu sou bom e não o que o consumidor queria. Isto foi, de longe, meu único projeto onde eu não fui questionado pelo que fiz. Tinha de expressar o que senti, e acho que fiz um trabalho decente”. Disse Sanskar Sawant, designer gráfico e artista.

 

taxifabric_sanskar-4 taxifabric_sanskar-12 taxifabric_sanskar-30 untitled untitled2 untitled3 untitled6 untitled7