O que é Design Thinking?

Design Thinking (DT) é a metodologia criativa dos designers aplicada ao mundo dos negócios, onde as soluções projetuais, tornam-se ferramentas estratégicas para que outros profissionais possam utilizá-las.

O designer possui novas visões acerca das múltiplas formas de solucionar os problemas, já que a inovação é vista como um elo evolutivo para compreender as dificuldades mais comuns no cotidiano das pessoas.

Nesse contexto o DT surge mostrando um pensamento centrado no ser humano, onde a qualidade de vida e o bem-estar são fatores primordiais para mudar de forma efetiva o mundo que nos cerca.

“Pensar como um designer pode transformar a forma como você desenvolve produtos, serviços, processos – e mesmo estratégia.” – Tim Brown

O DT permite que as equipes multidisciplinares, formadas pelos mais diversos profissionais, criem soluções rentáveis, viáveis e desejáveis, observando as reais necessidades dos usuários, criando um ambiente de empatia para desenvolver as habilidades criativas que todos nós possuímos.

O que vemos em algumas empresas é desanimador, já que os responsáveis pela criação de produtos e serviços costumam se basear em dados estatísticos ou análises qualitativas sobre o comportamento do consumidor. Na metodologia trazida pelo design thinking, essa forma de investigar o publico é bem diferente, baseia-se em gerar possíveis alternativas, adentrando em seu dia a dia para conhecer suas expectativas e percepções. A partir dessa analise são gerados os insights-descobertas que surgem ao longo do processo de observação.

 

shutterstock
Image by: Shutterstock

 

O CONCEITO DESSA METODOLOGIA É BASTANTE INTERESSANTE, MAS COMO DEVEMOS APLICÁ-LA NA PRÁTICA?

O processo do DT engloba 3 etapas principais: imersão, ideação e prototipação. Vamos entender como cada etapa funciona de forma sintetizada.

 

IMERSÃO

Essa é a fase inicial do projeto, onde a equipe irá identificar, através da observação, quais obstáculos devem ser resolvidos, em seguida, classificar as informações coletadas em 2 etapas.

Imersão preliminar

É o primeiro contato com o problema e a junção de várias ideias e informações, levam-se em consideração as particularidades tanto das empresas quanto dos clientes.

Imersão em profundidade

É uma etapa mais densa, mapeia-se o comportamento do usuário, interagindo com ele para entender afundo seu ponto de vista.

Quando esta etapa é finalizada o próximo passo é realizar uma análise e síntese das informações reunidas, organizamos os insights para entender as perspectivas que envolvem os conflitos.

 

IDEAÇÃO

A chamada fase tempestade de ideias (o famoso brainstorming) é uma ferramenta que permite a equipe, estimular a criatividade para gerar soluções. Neste momento é muito importante trabalhar com profissionais de diversas áreas, que agregarão maneiras diferentes de pensar e agir. Dessa forma as abordagens serão cada vez mais inovadoras e com diferentes parâmetros, onde o trabalho colaborativo atua como fonte de valorização das pessoas.

“O brainstorming não é necessariamente a melhor técnica para gerar ideias e não pode ser incorporado à estrutura de todas as organizações. Mas demonstra seu valor quando a meta é abrir uma ampla variedade de ideias. Outras abordagens são importantes para fazer escolhas, mas não há nada melhor do que uma boa sessão de brainstorming para criá-las.” – Tim Brown.

 

PROTOTIPAÇÃO

Os protótipos são simulações de ideias, onde podemos identificar os pontos fortes e fracos do projeto. A experimentação é uma etapa fundamental para nos aproximarmos dos conceitos que foram explorados, tornando os esboços inicias em ideias tangíveis.

“Da mesma forma que pode acelerar um projeto, a prototipagem permite a exploração de muitas ideias paralelamente. Os protótipos iniciais devem ser rápidos, rudimentares e baratos. Quanto maior for o investimento em uma ideia, mais as pessoas se apegam a ela.”- Tim Brown.

shutterstock
Image by: Shutterstock

VAMOS ADERIR AO DESIGN THINKING?

Vimos que o DT pode ser colocado em prática em vários segmentos empresariais e até mesmo no dia a dia de qualquer pessoa que trabalha com projetos, seja você designer ou não, essa metodologia auxilia bastante na obtenção de escolhas que levarão mais tarde a tomada de decisões importantes. Vamos usar nossa capacidade criativa, unindo os métodos e processos do DT para alcançar novos resultados e interagir cada vez mais com público, dessa forma suas chances de sucesso no enfrentamento dos desafios serão maiores.

Deixo aqui mais uma citação do autor Tim Brown para refletirmos sobre o papel do design em nossa sociedade.

“O design tem o poder de enriquecer nossa vida envolvendo nossas emoções por meio de imagens, formas, texturas, cores, sons e aromas”.

“A natureza intrinsecamente centrada no ser humano do design thinking aponta para o próximo passo: podemos utilizar nossa empatia e conhecimento das pessoas para projetar experiências que criem oportunidades para o envolvimento e participação ativa.” – Tim Brown.